quarta-feira, 16 de novembro de 2016

“John, seja meus olhos e me mostre tudo o que eu não posso ver!”

Entrevista com John Isaac, fotógrafo pessoal de Michael na “HIStory World Tour”


A primeira vez que viu Michael, do que vocês falaram?
RES: Um dia recebi um telefonema. A voz disse: “Você é John Isaac?” Eu disse, “Sim” e perguntei quem ele era. A voz disse: “Michael”. Eu perguntei “Michael?” A voz disse: “Michael Jackson”. Eu disse: “Ah, para” E desliguei. Poucos segundos depois o telefone tocou novamente e era Bob Jones me perguntando por que eu tinha desligado o telefone na cara de Michael Jackson. Eu respondi: “Era ele realmente?” E ele entregou o telefone para Michael. Ele disse que era um fã de minhas fotografias. Ele comprou um poster que criei para a UNICEF, onde apareciam muitas crianças porque ele amava as imagens e queria me conhecer.
Perguntou se eu poderia ir para Neverland e assinar o poster. Eu disse que eu poderia assinar um e enviá-lo de Nova York, mas  ele insistiu que eu fosse para Los Angeles. Três dias depois, eles chegaram à Big Apple para filmar “They Dont Care About Us” (Versão prisão) e ele convidou a mim e a minha esposa Jeannette para ir ver o filmagem. Então nós fomos e nós nos conhecemos. No dia seguinte ele me pediu para passar a tarde com ele em seu hotel em Manhattan e ali eu lhe ensinei meus trabalhos fotográficos.

Qual é o melhor conselho que ele lhe deu?
RES: Ele me disse uma vez que eu tinha um talento especial fotográfico, e devia continuar a usá-lo para ajudar crianças de todo o mundo e para ajudá-lo na mesma causa. Ele sabia o quanto eu me preocupo com as crianças. Eu o levei para o Brasil quando eles estavam terminando o vídeo “They Dont Care About Us”, e ele me disse algo que eu nunca vou esquecer: “John, seja meus olhos e me mostre tudo o que eu não posso ver!” Fiquei tão animado que eu fiz fotos das crianças nas favelas do Rio de Janeiro e Salvador, enquanto eles estavam filmando. Eu viajei em seu avião particular para o Brasil. Foi minha primeira viagem com ele. Michael sempre me apoiou, ele estava ciente da minha procedência. Um dia ele disse que ambos vinhamos de lugares diferentes e é por isso que nós dois amamos crianças. (John Isaac nasceu na Índia e passou 20 anos trabalhando como fotógrafo das Nações Unidas, abrangendo países como o Vietnã, Ruanda, Sarajevo...).

Você esteve em Neverland para a foto de família do primeiro filho de Michael e Debbie Rowe, o Prince. Por favor, nos diga mais sobre esta experiência.
RES: Debbie não estava em Neverland. Eram apenas Prince e Michael e eu tirei fotos de pai e filho. Fiz as fotos com Debbie e eles dois em um hotel de Los Angeles. Eu estive duas vezes em Neverland. Dirigia um carrinho elétrico ao redor da fazenda, via filmes no cinema, subia no trem. Eu me sentia como uma criança quando eu estava lá! Uma tarde vimos um filme juntos. Fiquei na suite de Liz Taylor. Michael era muito filosófico, muitas vezes falou sobre filosofia e vida. Ele me pediu para dizer-lhe coisas sobre as crianças que conheci, e que eu havia fotografado em todo o mundo. Quando eu trabalhava para as Nações Unidas, conheci muitas histórias de dor e sofrimento de todos os tipos de crianças. Ele sempre foi muito compassivo para com as crianças menos afortunadas.

Qual é a sua lembrança favorita durante a HIStory World Tour?
RES: No início da turnê, em Praga eu acho, ele queria que eu  o fotografasse no palco enquanto ele cantava “Heal the World”. Eu fiquei com medo lá em cima, no centro das atenções com tantos fãs na minha frente e meus joelhos tremiam. Também gostei de conhecer fãs ao redor do mundo enquanto viaja com ele. Devo dizer que eu conheci muitos bons jovens. Michael não teria sido quem ele era, se não fosse todos os fãs maravilhosos que o adoravam tanto. Estar ao lado do Rei do Pop ao visitar hospitais e orfanatos foi algo que especialmente apreciei.


Quantas reportagens fotograficas fez com Michael Jackson?
RES: Não tenho certeza de quantos foram... Eu sei que foram muitas. Alguns calendários especiais para a Sony e outros anúncios. Ele também queria tirar fotos com as crianças antes de cada concerto.

Também me lembro que nos disse que Michael tinha uma surpresa para os fãs no show em Milão, em 18 de junho de 1997: A foto das mãos de Michael e Prince nos telões do palco. Michael, como Michael decidiu fazer isso? O que ele disse?
RES: Ele disse que era uma das fotos mais especiais que tinha retirado dele com Prince. Capturei sua mão tomando a de Prince e disse-me que ele gostou tanto que queria mostrar para os fãs em Milão. É uma das minhas favoritas também. Michael nem sequer aparece, apenas a sua mão protegendo Prince



Que imagem que fez de Michael se sente mais orgulhoso?
RES: Há muitas fotos que eu gosto, mas existe uma que eu tomei durante um ensaio em Los Angeles, que foi publicado em um especial de Laurent Hopman – Captain Eo Productions (Programa de memória HIStory World Tour – Edição Limitada). Michael está no centro do palco e todos os bailarinos ao redor, em diferentes poses, ensaiando. Parece uma pintura. Michael realmente gostou desta fotografia também. Todos vestiam roupas casuais. Eu não tenho nenhuma cópia dessa imagem porque todos os negativos que  tinha, eu deu a Michael.



(foto em melhor definição)

Ás vezes você levava três câmeras ao mesmo tempo. Queria Michael algumas fotos especiais? Também parecia que tirava mais fotos dos fãs do que dele …
RES: Lembro-me que ele queria que cada momento de sua vida fosse gravado. Às vezes, ele queria uma foto preto e branco e as outras duas câmeras eram de fotos coloridas. Hoje, com a tecnologia digital, você pode converter a cor preto e branco sem nenhum problema, mas com os antigos negativos era mais complicado. Também tinha três diferentes tipos de lentes, para que eu pudesse filmar rapidamente sem ter que mudá-las. Após uma primeira seleção de minha parte, Michael escolhia suas favoritas.Ele tinha bom gosto para selecionar as fotos! E Michael se encantava ao ver as fotos de seus fãs. Eles eram muito importantes para ele, ele tinha uma enorme coleção dessas fotos, você não acreditaria!


Como você ficou sabendo de sua morte súbita, qual foi sua reação?
RES: Eu vi na tv. Fiquei muito, muito triste. Eu me senti tão triste por tão prematura partida! No entanto, eu sei que está lá em cima , brilhando como uma estrela. Toda vez que vejo um céu limpo à noite eu vejo Michael nele.

Você já viu o filme de Michael Jackson, This Is It? você poderia comentar sobre isso?
RES: Minha esposa me comprou o DVD. Eu só vi partes dele e eu me entristecia tanto pela morte de Michael, que não conseguia continuar assistindo. Talvez um dia eu consegui ver até o fim.

Quais são seus planos para o futuro John Isaac?
RES: Estou terminando um documentário sobre mim mesmo como fotógrafo no Japão. Estive documentando sobre os sobreviventes do recente tsunami. Enquanto estive no Japão, conheci alguns fãs de Michael que foram muito simpáticos. Além disso, a casa Kodak está a preparar uma coleção permanente de minhas fotografias em seu museu. Infelizmente, não tenho nenhuma das filmagens que fiz para Michael em turnê, ou fotos com seu filho. Eu dei-lhe todos os seus gestores.



Fontes:

Neste Vídeo, se vê John fotografando Michael e os fãs durante
Heal The World:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- SE COPIAR ALGO, DÊ OS CRÉDITOS -
Ola! Depois de comentar, peço só um favorzinho que não custa nada, recomendem no google, clicando no icone "+ 1". Peço que por favorr, façam isso, vão me ajudar bastante, XD!!
Há, e comentários do tipo: "Curti muito, segue o meu" não terão créditos. Não custa nada falar da postagem antes.
Se desejarem parceria ou que eu me torne membro, coloquem o link do blog ou site que eu visitarei com certeza. Mas por favor, retribuam. Façam o mesmo aq ok?
E respeitem MJ. Nada de gracinhas e grosserias, comentários assim serão apagados. Quem não gosta dele não visita blogs que falam dele. Bejos!! Obrigado aos que seguem aq e aos que me visitam! XD

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...